La Visionnaire, en ese mes de junio de 2016, está haciendo 20 años! Lo que estoy a punto de decir en la siguiente línea sé que es cliché , pero aún así, aquí va: "Parece que fue ayer ..."


Pois é, parece que foi ontem, em junho de 1996, que nascemos. Na verdade a Visonnaire já operava mesmo antes de junho de 1996, mas sem o nome Visionnaire ainda. Em 10 de Junho de 1996 a Visionnaire foi oficializada na Junta Comercial de Curitiba.

 

Os Primeiros Anos

Fruto da união de quatro pessoas, que na época eram colegas e idealistas de um melhor Brasil, a Visionnaire começou a operar como Visionnaire Consultoria em Informática. Flávio Bortolozzi, Manoel Camillo Penna, Vinicius Malucelli e Sergio Mainetti Jr. foram os fundadores, e tinham como ponto comum de contato a PUCPR (Pontifícia Universidade Católica do Paraná). Os quatro haviam recém voltado de programas de Mestrado e Doutorado no Brasil e no exterior, Flávio e Manoel com Doutorado na França, Vinicius com Mestrado no Rio e Sergio com Mestrado nos EUA. Todos na área de informática, cada um com sua especialidade. As primeiras atuações em conjunto foram em trabalhos de consultoria e treinamento, os quatro eram também professores o que fez com que esses trabalhos parecessem uma extensão da própria atividade de ensinar.

Mas logo veio junto a atividade de desenvolvimento de software, e já nos primeiros meses a Visionnaire tinha clientes em projetos de software, os primeiros clientes foram Siemens, Bamerindus (que depois veio a ser HSBC Bank) e projetos de pesquisa com a PUCPR.

Para os jovens que estão montando Startups nos dias de hoje, é muito difícil imaginar o cenário da informática no Brasil naquela época, não existia o mundo conectado como é hoje, não existia Internet na sua casa (foi exatamente nos anos de 1995 e 1996 que antiga Embratel começou a disponibilizar Internet para as pessoas e empresas no Brasil), por incrível que pareça não existia Google (de acordo com pesquisa no próprio Google, o Google foi fundado em 4 de Setembro de 1998).

A Visionnaire foi uma das primeiras empresas do Brasil a desenvolver software para a Internet (ou como era também chamado, software para a Web), foi a primeira empresa a desenvolver software em tecnologias modernas para a época (linguagem Java, Orientação a Objetos, Objetos Distribuídos). A Visionnaire era representante oficial da OMG (Object Management Group) e criou o que era na época, o principal evento de desenvolvimento de software corporativo do Brasil, o "Objetos Distribuídos", que durou por nove anos.

Nos termos de hoje, éramos uma Startup, criada por jovens idealistas, que trabalhavam muito (se possível 24 horas por dia todos os dias da semana) com um forte vínculo acadêmico (que preservamos até os dias atuais) e já, com muita experiência!

 

O Boom da Internet

A partir dos anos 1998 e 1999 vivenciamos o tão famoso boom da Internet, que no Brasil começou alguns anos depois que nos EUA, mas durou até a virada do milênio. A Visionnaire foi a sétima empresa brasileira aprovada no programa Prosoft do BNDES (Banco Nacional de Desenvolvimento) recebendo um aporte de capital, que para nós era significativo, foi nessa época que mudamos também o nome para Visionnaire Informática S.A.

Começou uma fase de rápido crescimento, e se não bastasse, fomos aproximados por outros seis investidores privados (hoje os chamados Venture Capitalists, ou VCs) e fechamos acordo com o Banco Pactual em 2000 para uma nova rodada de investimentos. Mais tarde, em 2004, o Banco Pactual vendeu sua participação na Visionnaire para a Ideiasnet (holding de capital aberto na Bovespa), que se manteve como sócia até 2010.

Crescimento rápido é um acontecimento interessante que algumas empresas de tecnologia experienciam, em um período de aproximadamente um ano crescemos de 14 para quase 100 pessoas. Nessa época com clientes como HSBC Bank, Siemens, Telemar, Brasil Telecom, TecBan, Petrobras, Unimed, FIEP entre outros.

 

As Crises

Não existe empresa brasileira que não tenha experienciado crise, e como não poderia deixar de ser tivemos nossos momentos difíceis. O mundo iniciou um período de crise que foi simbolicamente marcado pela data de 11 de Setembro de 2001 com os atentados terroristas nos EUA e a queda das torres de Nova Iorque. Logo depois o Brasil iniciou um período de mudanças políticas fundamentais, o que deixou o mercado altamente instável, e nós, passamos pro tudo isso.

Crise e fase difícil ninguém gosta de relembrar, pois acarretam mudanças ao contrário do crescimento (diminuição de pessoas, não renovação de contratos com clientes, dificuldades financeiras, etc), por isso nem vamos falar muito dessa fase aqui. :-)

 

O Tempo Cura Tudo, Trabalho Sem Fim e o Steve Jobs

Com o tempo tudo se arruma, adicionado a isso uma alta dedicação ao trabalho permite com que qualquer dificuldade seja sobreposta, e foi isso que aconteceu. Mas também aconteceu algo que muitos já previam, a informática continuou crescendo, continuou entrando em todos os setores e continuou sendo diferencial competitivo para qualquer empresa de qualquer setor. Nós estamos no ramo de informática, no ramo de software, e esse é um bom ramo nos dias atuais.

Em 2007 Steve Jobs, o fundador da Apple, veio a palco público e lançou o iPhone. Mesmo falando em alto e bom tom para todo o mundo como seriam os próximos anos da informática, a grande maioria das pessoas não ouviu [1], mas nós ouvimos. O que se viu nos próximos anos foi o que hoje chamamos da "consumerização" da informática, ou seja, a informática deixou de ser um artigo de luxo que só grandes empresas tinham acesso e passou a estar na mão de todos os "consumidores" e a Visionnaire não ficou fora disso (não é à toa que temos Visionário no nome) [2].

Mesmo sendo uma empresa com mais de 20 anos de experiência em informática e desenvolvimento de sistemas de software, sempre inovamos e trabalhamos com tecnologias novas. Conseguimos conectar experiência de anos, com tecnologias inovadoras dos dias de hoje.

 

Os Próximos 20 Anos

E isso é só o começo. Não existem muitas empresas de informática com mais de 20 anos que sempre trabalharam com tecnologias inovadoras no Brasil. Sabemos que 20 anos, em "anos de informática" é quase que algo jurássico, mas ao mesmo tempo sabemos também que 20 anos é a idade de um jovem, que está no ápice da sua energia, enxergando uma avenida de oportunidades pela frente. E é assim que nos sentimos, experientes como sempre, mas jovens como nunca.

Estamos prontos para os próximos 20 anos, e os próximos, e os próximos... Não apenas no trabalho e na inovação, mas também na criação! Vamos criar os próximos 20 anos juntos! Bem vindo à nova era, bem vindo à Visionnaire.

Sergio Mainetti Jr.
Co-fundador da Visionnaire

 

Notas

[1] Chega a ser cômico o que algumas pessoas pensavam (não apenas pensavam, mas também escreviam) sobre o iPhone em 2007. Esse artigo demonstra isso. E nesse caso não é uma pessoa qualquer, é o grande e celebrado autor de livros de marketing, best-sellers em todo o mundo, Al Ries. adage.com/article/al-ries/iphone-fail/117355/.

[2] Para saber mais sobre nossa Missão, Visão e Valores, consultar: Sobre Nossotros