Home / Casos de Sucesso

Consultoria em Orientação a Objetos e Arquitetura Java

A Visionnaire auxiliou a Petrobras quando precisou de consultoria especializada em Orientação a Objetos e Arquitetura Java Corporativa.

CLIENTE
Petrobras

ÁREA
Petróleo e Gás. 

PROBLEMA
Introduzir os conceitos de Orientação a Objetos e Java Corporativo em um ambiente de TI que até então era focado em sistemas estruturados (não OO), e ter certeza de que os conceitos sendo criados seriam as melhores práticas do mercado mundial.

SOLUÇÃO
A Visionnaire, trabalhando em conjunto com os profissionais da TI da Petrobras, executou os trabalhos de consultoria e introdução de melhores práticas voltadas para Orientação a Objetos para uma grande área de TI em uma grande empresa, possibilitando a multiplicação dos conceitos para o restante da corporação em anos seguintes.

RESULTADOS
A Petrobras, como muitas grandes corporações na época, tinha o grande desafio de introduzir em seus processos de TI uma tecnologia que para a época era nova, que era a Orientação a Objetos (OO) e tecnologias derivadas. Com a ajuda dos trabalhos da Visionnaire, foi possível introduzir esses conceitos em um departamento que contava com mais de 100 pessoas, e que depois iria ser replicado em outros departamentos, em uma empresa que é a maior empresa do Brasil.

TECNOLOGIA
As tecnologias foram as mais utilizadas em Orientação a Objetos para o mundo corporativo, como UML ( Unified Modeling Language), RUP ( Rational Unified Process), OMG SPEM ( Object Management Group – Software Process Engineering Metamodel), OMG CORBA ( Object Management Group – Common Object Resource Broker Architecture), Java, Java EE ( Java Enterprise Edition), Workstations Sun Microsystems com Sistema Operacional Solaris, CORBA para Solaris.


Problema detalhado: durante os primeiros anos da revolução das “Orientação a Objetos” a Petrobras precisou de uma empresas altamente especializada para auxiliar nas diretrizes do uso dessa tecnologia. Nessa época (2004) a Visionnaire já contava com 5 anos de experiência no assunto, sendo a empresa que trouxe o conceito de Objetos Distribuídos para o Brasil em 1995 (a Visionnaire é representante da OMG – Object Management Group no Brasil). O departamento de TI da Petrobras estava passando por redefinições tecnológicas e estava introduzindo a tecnologia de Orientação a Objetos na empresa. A Visionnaire foi contratada para auxiliar nessas definições com um trabalho de consultoria, focado em OO, Arquitetura Java Corporativa, Objetos Distribuídos e CORBA. Havia um grande desafio de se introduzir uma tecnologia nova para a época, em um processo de desenvolvimento que se embasada nos conceitos de análise estruturada e não orientação a objetos. Esse era um desafio comum em muitas grandes corporações da época, pois envolvia também um aspecto cultural, além de tecnológico, e a Visionnaire, trabalhando em conjunto com alguns dos profissionais da área de TI da empresa, obteve sucesso nessa consultoria e migração de cultura.


Solução detalhada: a Visionnaire trouxe toda sua experiência adquirida na época nos assuntos de OO, Arquitetura Java Corporativa, Objetos Distribuídos e CORBA, realizado trabalhos de capacitação, palestras, transferência de tecnologia e revisão técnica de sistemas (voltado para revisão técnica de documentos de análise) sempre com o foco de implantar as melhores práticas em OO para o mudo corporativo.


Assuntos relacionados a:
case   petrobras   consultoria